• ATS Tecnologia

Atualização de tecnologia ou de cultura organizacional?

Atualizado: 5 de Out de 2018

Quando investimos tempo, dinheiro, conhecimento, esperamos algo em troca, e com a tecnologia não é diferente.



De acordo com uma pesquisa da AIIM as principais expectativas no setor jurídico incluem a melhoria da prestação de serviços, tornar os processos de trabalho mais eficientes e o aumento da produtividade da equipe. A mitigação de riscos e a criação de uma vantagem competitiva também estão no topo da lista dos resultados esperados.


Na Era Digital vivemos uma realidade mais fluida, onde estamos conectados 24 horas por dia e a tecnologia tornou-se parte de nós. Há uma simbiose entre homem e máquina.


Nas empresas, essa realidade não é diferente. Cada vez mais elas se reinventam, transformando quase todos os aspectos de seus negócios, principalmente sua relação com clientes: processos e fluxo de trabalho a métodos de entrega de produtos e serviços, marketing e funcionários, ecossistemas e cultura alinhados a era digital. Não é possível mudar se o jeito de fazer continuar o mesmo, certo?


Muitas organizações, diante desses desafios, vem aplicando o Design Thinking, que é uma abordagem focada no ser humano e que utiliza a diversidade e a colaboração para que as soluções sejam criadas a partir da perspectiva e da experiência das pessoas.


Para garantir que a empresa inove, alinhada ao seu core, deve-se conduzir um processo inicial de definição de um desafio ou problema e "voltar o olhar” para a organização, em parceria, preferencialmente, com todas as áreas corporativas. E, depois, alinhar todo o entendimento com os clientes e parceiros para juntos pensarem em soluções que farão sentido para a toda a cadeia.


Todo o processo, desde o início, deve ser apoiado pelos líderes da organização e com base em três pilares: pessoas, tecnologia e gestão.


O primeiro pilar sempre será as Pessoas

No Design Thinking, o grande diferencial é o foco no ser humano, nas pessoas. Todos temos a capacidade de usar nosso conhecimento de maneira complementar aos outros.


Quando uma pessoa pensa em um problema, ela certamente tem uma visão única sobre ele, mas se multiplicarmos os olhares, teremos diferentes perspectivas, chegando mais perto do que é o problema na realidade. Essa diversidade de olhares, somada a multidisciplinaridade nos permite enxergar oportunidades e soluções que jamais seriam possíveis se geradas pro uma só cabeça. (ToolKit Design Thinking by DesignEchos)


Por isso, olhar para as pessoas requer entendimento de prioridades, motivações e preferências, necessidades, "dores", tanto no âmbito profissional quanto no pessoal.


Pensar em soluções de transformação digital e presumir que todos os colaboradores e clientes vão se adaptar às mudanças facilmente e sem impacto em produtividade é um dos maiores erros que as companhias cometem. As pessoas têm que fazer parte das soluções.


Uma coisa é certa: se não envolvermos as pessoas nas soluções para as mudanças, todo o investimento se perde. Este sem duvida, é o momento de ouvir outros pontos de vista para construir e criar com possibilidades, novos caminhos e soluções.




Com a abordagem do Design Thinking, a ATS Tecnologia vem praticando princípios da inovação como ponto de partida para mapear, organizar e entregar soluções de alto valor agregado aos nossos clientes;

Nossa imersão contou com o apoio fantástico de Alessandra Avanzo da DesignFluência








*saiba mais sobre Tecnologia [conhecer o legado, avaliar a estrutura existente...] e Gestão [definir políticas e processos internos…]

© 2019 por ATS Tecnologia

Soluções e Produtos para o Jurídico

  • LinkedIn - ATS Tecnologia
  • YouTube - ATS Tecnologia
  • Instagram - ATS Tecnologia
  • Twitter - ATS Tecnologia